Usiminas fará investimentos na descarbonização de suas atividades nos próximos anos

Publicado em

 

O presidente do Grupo Techint, Paolo Rocca, assegurou que a modernização industrial da Usiminas empresa da qual a Technint é uma das principais acionistas – é uma das metas da siderúrgica para os próximos anos. Durante a inauguração do Alto-Forno 3 da Usiminas, em Ipatinga, na última quarta-feira (24), o gestor revelou que a produtora de aço fará novos investimentos em descarbnonização de suas atividades.

“O programa de modernização da Usiminas começou com a conclusão do Alto-forno e vamos continuar avançando. Não tem marcha ré. A Usiminas terá, nos próximos anos, grandes projetos de transformação, em Ipatinga, em Cubatão e na Mineração, para avançar na descarbonização das suas operações, para dar maior valor agregado aos seus produtos, para melhorar a sua produtividade e eficiência e poder competir com as melhores plantas do mundo com uma ampla gama de produtos”, afirmou.

Rocca aproveitou a ocasião para criticar a concorrência desleal com o aço importado da China. Nos últimos anos a matéria-prima do gigante asiático tem entrado em grandes volumes no mercado nacional e provocando demissões e suspensão de investimentos no Brasil.

“Essa relação desequilibrada está fazendo danos muito graves no mercado de aço brasileiro e na indústria de transformação. Em todos os países onde operamos, há taxas para evitar a competição desleal com a China. No Brasil, o crescimento da importação do aço foi de 50% no último ano e não vemos nenhuma movimentação para bloquear esse processo”, analisou o presidente do Grupo Techint.

O Alto-forno 3 da Usiminas

Ainda sem o aproveitamento de sua capacidade total na produção, devido à crise do setor, o Alto-forno 3 recebeu R$ 2,7 bilhões em investimentos. A Usiminas informou que o investimento possibilitou que toda a estrutura do equipamento fosse substituída e atualizada, permitindo uma melhor distribuição a carga metálica e dos combustíveis.

A siderúrgica aponta também ganhos do ponto de vista ambiental, por conta da implantação de um controle mais moderno e preciso, além de gerar menores emissões de CO2 e de material particulado. Atualmente, ainda de acordo com a Usiminas, o equipamento é o mais moderno em operação no ocidente.

Sem Titulo 11 3
Reinaugurado nesta semana, Alto-forno 3 já opera desde o final do ano passado

Conforme informado pela Usiminas, a operação já havia sido retomada em novembro de 2023 e o equipamento, com capacidade para produzir 3 milhões de toneladas anuais de ferro gusa, atingiu a produção em nível comercial no mesmo ano. A reforma resultou na geração de cerca de nove mil empregos temporários, sendo 60% das vagas ocupadas por pessoas da região do Vale do Aço.

A empresa ainda divulgou que foram cerca de R$ 400 milhões investidos em compra de equipamentos e materiais para a obra de fornecedores locais. Somente com ISSQN, houve uma arrecadação de R$ 17 milhões.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...