Usiminas diz ter investido R$ 2,5 bilhões em melhorias voltadas ao meio ambiente no Vale do Aço

Publicado em

 

A Usiminas anunciou nesta semana ter destinado R$ 2,5 bilhões em investimentos e grandes manutenções com foco em equipamentos ambientais no Centro Industrial de Ipatinga, entre 2019 e 2023. A empresa diz ter realizado aportes crescentes nos últimos anos com foco principal na redução das emissões de particulas (pó preto) em suas operações.

De acordo com a empresa, nos últimos cinco anos, foram quase R$ 500 milhões aplicados em novos equipamentos (Capex) e R$ 2 bilhões em despesas operacionais, o que inclui grandes reparos (Opex). A empresa afirma ter instalado canhões de névoa nos pátios de matéria-prima, além de implantar a Central de Monitoramento Ambiental.

A Usiminas ainda diz ter implantado de forma pioneira no Brasil a Rede Automática de Monitoramento de Partículas (Ramp), com medidores de vazão nas chaminés, além de promover reformas de grandes equipamentos como sistemas de despoeiramento, filtros de manga, precipitadores eletrostáticos, entre outros.

Investimentos da Usiminas em ações ambientais

Somente em 2023, a siderúrgica destinou R$ 755 milhões para as ações ambientais, conforme seu balanço, valor que equivale ao maior montante para essa finalidade dos últimos anos. “Entre os destaques dos investimentos, dentro da reforma da Aciaria 2, estão a substituição dos sistemas de despoeiramento primário e secundário e a implantação de novas tecnologias para aumentar a eficácia do sistema de limpeza de gases do processo que evita emissões de particulados, assim como a substituição dos lavadores de gases existentes na área de Redução”, resume a empresa.

“Nosso compromisso é de sermos bons vizinhos e reduzir a contribuição da Usiminas quanto ao pó que chega nos bairros próximos. Neste sentido, sabemos que ainda há um importante caminho a percorrer, por isso intensificamos os investimentos a cada ano em diferentes frentes” reforça Lucas Lima, diretor de Segurança do Trabalho, Processo e Meio Ambiente da Usiminas.

Problemas com emissões

A empresa assinou com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) prevendo medidas para compensação integral por danos ambientais decorrentes de emissões atmosféricas irregulares em Ipatinga. As emissões ocorreram entre julho de 2021 e setembro de 2023.

Conforme apurado pelo MPMG, os danos à atmosfera ocorreram principalmente pela operação nas coquerias da empresa, equipamentos responsáveis pela produção de coque, etapa importante na fabricação de aço. O acordo foi assinado no Centro de Autocomposição do MPMG (Compor), na última quinta-feira (13) e prevê a inalienabilidade de áreas nos bairros Ideal e Usipa, em Ipatinga, locais que possuem extensa área verde urbana. Saiba mais.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios