Trecho da BR-381 será totalmente interditado no Vale do Aço neste fim de semana

Publicado em

 

A BR-381 será interditada por dez horas neste sábado (18) para reparos emergenciais, no Vale do Aço. A manutenção ocorrerá na cabeceira da ponte sobre o córrego Onça Grande, no KM 285 da rodovia, próximo ao trevo de acesso aos municípios de Jaguaraçu e Marliéria. A interdição foi comunicada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no início da semana.

De acordo com o comunicado, há a necessidade de interdição total do trecho entre as 08h e as 18h, para a realização dos reparos emergenciais. A decisão foi tomada por medida de segurança, já que seria impossível a execução dos trabalhos sem paralisar o tráfego no local.

O órgão recomenda que motoristas evitem o perímetro e busquem rotas alternativas na data da manutenção. O trecho é rota de escoamento da produção industrial de todo o Vale do Aço, um dos mais importantes polos siderúrgicos do estado.

“Ressaltamos que todos os esforços serão envidados para minimizar o impacto no tráfego e concluir os reparos no prazo estabelecido. Contamos com a compreensão e colaboração de todos os envolvidos para o sucesso desta intervenção e nos colocamos à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários”, enfatiza o DNIT.

Duplicação da BR-381

O trecho em questão está entre o percurso que deve ser concedido à inciativa privada pelo Governo Federal. Nesta sexta-feira (17) foi publicado no Diário Oficial da União o edital prevendo para o final de agosto o leilão para a concessão do trecho entre Governador Valadares e Belo Horizonte à iniciativa privada, depois de sucessivos fracassos na tentativa de privatização. Saiba mais.

Na semana passada, o Governo Federal já havia publicado o edital para duplicação do trecho entre Ravena e Caeté, que ficará a cargo de empresa contratada pelo próprio governo. Ainda não há previsão para lançamento do edital de duplicação do trecho entre Ravena e Belo Horizonte, considerado o mais crítico por especialistas e pelo próprio DNIT por demandar a realocação de cerca de duas mil famílias que vivem às margens da rodovia.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...