Proposta de flexibilização do Licenciamento Ambiental pode abranger setor de mineração

Publicado em

O projeto que propõe a flexibilização das normas de licenciamento ambiental está sendo abordado referente às autorizações para atividades de mineração.

Atualmente em tramitação no Senado, a proposta visa modificar as regras não apenas para o processo de licenciamento ambiental em nível federal, mas também em âmbitos estaduais e municipais.

Um aspecto destacado pelo projeto é a instituição, em todo o país, da LAC (Licença por Adesão e Compromisso), uma modalidade auto declaratória que atesta que o empreendimento está em conformidade com as normas estabelecidas, estipulando prazos máximos para esses procedimentos.

Críticos argumentam que a LAC pode resultar em um “auto licenciamento” e que os limites de tempo podem inviabilizar a análise de casos mais intricados. Por outro lado, defensores afirmam que a proposta visa desburocratizar os procedimentos, conferindo segurança jurídica aos empreendimentos.

Inclusão ou não da mineração nas normas gerais de licenciamento ambiental tem sido motivo de debate

O projeto está atualmente em análise nas comissões de Agricultura e Meio Ambiente, sendo relatado por Tereza Cristina (PP-MS) e Confúcio Moura (MDB-RO), respectivamente.

A previsão é que o tema seja debatido nas comissões nas próximas semanas, com a intenção de construir um texto em comum. No entanto, até o momento, os relatores apresentam divergências em vários pontos.

O último relatório elaborado por Confúcio, ao reduzir as flexibilizações nos processos de licenciamento, agradou os ambientalistas. No entanto, Tereza Cristina busca um relatório com alterações mais limitadas.

Parlamentares e membros do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) veem a aprovação da proposta como crucial para acelerar as obras do Novo PAC.

A inclusão ou não da mineração nas normas gerais de licenciamento ambiental tem sido motivo de debate desde a aprovação do projeto na Câmara. Embora ainda não esteja definido como serão feitas as modificações no projeto de licenciamento ambiental aprovado na Câmara, parlamentares já consideram certo que pelo menos o dispositivo excludente será retirado.

Atualmente, o licenciamento minerário é de competência federal apenas em casos específicos, como quando está próximo a fronteiras estaduais ou nacionais, entre outros cenários.

Na maioria das situações, cabe aos estados analisar a viabilidade desses empreendimentos, resultando em uma variedade de normas em todo o Brasil para a operação de minas.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...