População em áreas de risco de barragens é tema de audiências públicas em Itabira e na ALMG

Publicado em

 

A partir das 10h desta quarta-feira (19), a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) debaterá os encaminhamentos relativos a uma audiência pública realizada em novembro do passado para tratar da estruturação de estratégias de prevenção e enfrentamento aos potenciais danos gerados pelas barragens à população do Estado, especialmente danos à saúde. A ideia central é apresentar uma política estadual de atenção integral à saúde das populações atingidas por barragens.

A reunião, convocada pelo deputado Arlen Santiago, terá a participação da Assessoria Técnica Independente da Fundação Israel Pinheiro (ATI/FIR), grupo de trabalho que acompanha o descomissionamento da barragem do Sistema Pontal da Vale, em Itabira. Também estarão entre os convidados representantes do Ministério da Saúde, órgãos e entidades ligadas ao Governo do Estado e a municípios, Corpo de Bombeiros Militar, Ministério Público, representantes da sociedade civil, entre outros.

Além do coordenador da FIP/ATI, Péricles Matar, vão participar os representantes do Batalhão de Meio Ambiente da Polícia Militar de Minas Gerais, Promotoria de Justiça e Coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde, Fiocruz, Emater, Conselho Estadual de Saúde de Minas Gerais e Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais.

População em risco em Itabira

Antes, na noite desta terça-feira (18), a partir das 19h, membros da ATI/FIR também participarão de uma reunião em Itabira sobre os impactos do descomissionamento da estrutura do Sistema Pontal aos moradores da cidade. A audiência pública foi convocada pelo vereador Weverton Andrade “Vetão”, considerando como as intervenções feitas pela Vale vêm afetando diretamente os moradores dos bairros Bela Vista, Nova Vista, Jardim das Oliveiras e Praia.

Além da ATI/FIP, representada pelo coordenador Péricles Mattar, também foram convidados a participar representantes da Vale, Defesa Civil, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Prefeitura de Itabira, representantes da população atingida, demais vereadores, entre outros.

“A audiência foi motivada após minha participação em um encontro na sede da ATI/FIP, no qual os moradores apresentaram algumas dificuldades de relacionamento com a Vale. Há uma cobrança da população para que o poder público esteja mais presente. Nosso objetivo é realizar uma discussão aberta e ampliada”, explica Weverton.

Para Weverton Andrade, a audiência pública tem o objetivo de contribuir com decisões importantes que atendam aos moradores que precisam de um olhar atento da mineradora. O vereador adiantou que as pessoas atingidas que comparecerem terão liberdade para se pronunciar. “As audiências públicas, como espaços democráticos, dão a chance de a população debater com esses órgãos. Cada morador poderá falar por até três minutos. É o momento certo para essas pessoas terem voz”,

“A Vale ainda não confirmou presença e será um pesar muito grande se ela não vier; afinal de contas, é um desrespeito ao Poder Legislativo e a esses moradores. Nosso objetivo não é criar um ringue de luta, mas sim um espaço de discussão”, diz Vetão.

Serviço

Audiência Pública em Itabira – 18 de junho de 2024

19h – Câmara Municipal de Itabira

Aberto ao público

Audiência Pública em Belo Horizonte – 19 de junho de 2024

10h – Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Aberto ao público

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios