Com investimentos de mais de R$ 77 milhões do Acordo de Brumadinho, biofábrica fortalecerá ações de saúde

Publicado em

 

A conclusão da obra da Biofábrica Wolbachia, em Belo Horizonte, entregue no último dia 29 de abril, está entre ons investimentos concluídos a partir do Acordo de Reparação ao rompimento das barragens da Vale, em Brumadinho, para fortalecer os serviços públicos na região atingida. Ao todo, mais de R$ 77 milhões foram investidos no projeto para viabilizar a utilização de tecnologia inovadora e autossustentável voltada a reduzir a transmissão de doenças causadas pelo Aedes aegypti. A iniciativa é realizada por meio de parceria da Fiocruz com o Governo de Minas Gerais e Prefeitura de Belo Horizonte.

De acordo com o Governo de Minas, são mais de 130 ações iniciadas para o fortalecimento do serviço público e só na área da Saúde estão sendo investidos cerca de R$ 700 milhões em mais de 30 iniciativas autorizadas pelos compromitentes do acordo – Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Ministério Público Federal (MPF) e Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG), além do próprio governo. São ações que se encontram em andamento ou já finalizadas, a maior parte definida na Consulta Popular.

A assinatura do acordo completou três anos em fevereiro. O rompimento tirou a vida de 272 pessoas e gerou uma série de danos sociais, econômicos e ambientais. “O compromisso do Governo de Minas é buscar, dentro de suas ações, trazer legados importantes para Minas Gerais a partir do termo de reparação. Assim como a inauguração da biofábrica, eu tenho a certeza de que, a cada dia, com todos os esforços do Estado para garantir que esse acordo seja efetivo, teremos mais e mais legados sendo deixados para todos os mineiros”, afirmou a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto

Outros investimentos

As iniciativas envolvem fortalecimento de equipes, ampliação de atendimento, obras de construção e reformas de unidades, estruturação de salas de urgência, aquisições e entregas de veículos em todos os 26 municípios atingidos. O maior projeto para a área de saúde está sendo desenvolvido em Brumadinho: o fortalecimento do Complexo de Saúde Valdemar de Assis Barcelos, com investimento total de R$ 248 milhões.

Os recursos para os mais de 30 projetos são referentes aos Anexos I.3 e I.4 da reparação socioeconômica, com destinação de R$ 4 bilhões para o fortalecimento do serviço público na Bacia do Paraopeba, sendo R$ 1,5 bilhão para Brumadinho e R$ 2,5 bilhões para os outros 25 municípios atingidos. Estes valores estão sendo aplicados, também, nos demais projetos da Consulta Popular.

Na área de infraestrutura, são mais de 40 iniciativas que envolvem pavimentação, recapeamento, melhorias e reformas de estradas estaduais, municipais, vias urbanas e rurais nos 26 municípios da bacia do Rio Paraopeba.

A extensão somada conta com aproximadamente 700 quilômetros de obras previstas. Outras medidas em curso no Acordo de Reparação é o Programa de Transferência de Renda, que conta com mais de 130 mil receptores mensais, proporcionando renda mínima e movimentando a economia nas comunidades atingidas. As informações são da Agência Minas.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...