Barragem passa a Nível 1 de emergência em Santa Bárbara

Publicado em

 

Uma vistoria realizada recentemente por técnicos da Agência Nacional de Mineração (ANM) constatou o surgimento recorrente de trincas na Barragem Sítio 2, em Santa Bárbara. Acompanhados de agentes da Defesa Civil do município, os técnicos identificaram a necessidade de obras na estrutura de responsabilidade da Anglo Gold Ashanti. Com a instabilidade, a barragem foi elevada a Nível 1 de emergência no Plano de Segurança de Barragens.

De acordo com os critérios da ANM, o Nível 1 de emergência é atribuído a estruturas com categoria de risco alto ou quando são detectadas anomalias. Também é atribuído a qualquer outra situação com potencial de comprometimento de segurança no local. Já quando elevado a Nível 2, é necessária a retirada da população das áreas do entorno da barragem. O Nível 3, o mais grave, é atribuído a situação já de rompimento.

A estrutura em Santa Bárbara comporta cerca de 10 milhões de metros cúbicos de rejeitos e sua capacidade é próxima a da que rompeu em Brumadinho, em 2019, segundo a ANM. O órgão estima que até 5 mil pessoas possam ser atingidas de forma imediata em caso de rompimento. Os riscos ambientais, de infraestrutura e socioeconômico nessa situação são altos, já que há concentração de residências, plantios, indústrias e vias públicas abaixo da barragem.

Monitoramento

Embora descarte risco iminente de rompimento, a AngloGold Ashanti informou que estabeleceu o Nível 1 de Emergência para a barragem de forma preventiva. A mineradora também diz que monitora as trincas. Veja o comunicado na íntegra.

De acordo com a Defesa Civil de Santa Bárbara, é a segunda vez que são identificadas trincas e abatimentos na estrutura. A primeira havia sido em outubro do ano passado. As trincas descobertas em 2022 tinham 12 centímetros de largura por 60 metros de comprimento. Atualmente chegaram a dois centímetros de largura e 300 metros de comprimento.

Medo de tragédia

O dirigente do Movimento Pela Soberania Popular na Mineração (MAM) na região do Caraça, Luiz Paulo Siqueira, diz que a população desconfia da estabilidade da barragem. Ainda que a mineradora descarte risco de rompimento imediato, ele afirma que as pessoas na cidade têm medo de que ocorra uma tragédia.

“As ocorrências de trincas extensas e profundas em menos de um ano não podem ser tratadas como algo comum. Não ocorre isso em outras barragens. Não confiamos nos laudos da empresa. Em Santa Bárbara há recorrência de problemas de estruturas da AngloGold Ashanti que trouxeram instabilidade e insegurança para as famílias. Muitas pessoas até vivem sob medicamentos (psiquiátricos) por conta desse pavor”, disse Siqueira ao Portal do Jornal Estado de Minas, em reportagem divulgada nesta sexta-feira (2).

A Defesa Civil disponibiliza 24h em Santa Bárbara o número (31) 3832-4865 para atendimento de emergências. Os cidadãos também podem fazer contato por e-mail: [email protected].

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...