Dia do Meio Ambiente: edital deve destinar R$ 2 milhões para serviços ambientais na bacia do Rio Piracicaba

Publicado em

 

Em alusão à Semana Mundial do Meio Ambiente e ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (5), o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (CBH Doce), com apoio do CBH Piracicaba, abriu edital para seleção de municípios da Bacia do Rio Piracicaba interessados na implantação do Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). A expectativa é de que o CBH Doce destine cerca de R$ 2 milhões à iniciativa.

De acordo com os organizadores, o programa remunera produtores rurais por serviços ambientais prestados em suas propriedades que geram benefícios para o meio ambiente. “Celebramos a semana do meio ambiente, uma oportunidade crucial, através do edital do PSA para refletirmos sobre nossa relação com a natureza e reafirmarmos nosso compromisso com a preservação dos recursos hídricos. A Bacia do rio Piracicaba, com sua rica biodiversidade e recursos hídricos vitais, é um grande tesouro que devemos proteger para as futuras gerações”, diz o presidente do CBH Piracicaba, Jorge Martins.

Uma empresa especializada ficará responsável por desenvolver estudo de metodologias para implantação do PSA. Ela será contratada após a seleção dos municípios pela entidade equiparada para o exercício das funções inerentes à Agência de Água da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (Agedoce).

Ainda de acordo com os comitês, a iniciativa inclui ainda: “o engajamento das famílias rurais; celebração dos contratos com as famílias rurais beneficiadas; elaboração de Projetos Integrados de Propriedades (PIP) dos imóveis rurais contemplados; Elaboração do Programa de Regularização Ambiental (PRA), em parceria com o Instituto Estadual de Florestas (IEF); estudo de valoração econômica para serviços ambientais, a partir dos PIP elaborados; estabelecimento de metas verificadas e certificadas, pagamento aos provedores de serviços ambientais durante um período definido; e Monitoramento hidrológico e sedimentológico, com mensuração do impacto das ações do PSA nos serviços ambiental e no bem-estar da população envolvida”.

Compromisso com o meio ambiente

Conforme o regulamento previsto no edital, por meio da celebração dos contratos, os produtores rurais se comprometerão a investir em ações que resultem no aumento da qualidade e quantidade da água. Eles serão pagos pelos serviços ambientais, de acordo com os resultados apresentados em suas propriedades.

“Estamos ansiosos pelo início do PSA na Bacia do Rio Doce. O programa permitirá que as comunidades rurais protejam a biodiversidade e mantenham a qualidade da água e do solo”, diz o presidente do CBH Doce, José Carlos Loss.

O gestor lembra que é papel do Comitê “promover a gestão participativa e democrática dos recursos hídricos da bacia, visando à melhoria contínua da qualidade e quantidade de suas águas”. Interessados em participar do programa poderão fazer . Estrainscrições até o próximo dia 3 de julho pelo link.

Mais recursos

Ainda de acordo com os comitês, a Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba também está recebendo recursos para a realização de ações de melhoria do saneamento básico, incremento hídrico e redução da geração de sedimentos, com destaque para a iniciativa Rio Vivo. Esta reúne ações de controle das atividades geradoras de sedimentos, recomposição de APPs e nascentes e expansão do saneamento rural.

Conforme apurado até o momento, mais de 460 nascentes foram cercadas em Mariana, Santa Bárbara, Barão de Cocais, Rio Piracicaba, Alvinópolis, Catas Altas, São Gonçalo do Rio Abaixo, Marliéria, Antônio Dias, Bela Vista de Minas e Bom Jesus do Amparo. Cerca de R$ 4 milhões já foram aplicados para a execução das ações. Até o final de 2025, a expectativa é desembolsar mais de R$ 19 milhões, de acordo com o CBH Doce.

A entidade lembra que as ações voltadas à restauração da Bacia do Rio Piracicaba também incluem a Iniciativa Protratar. Há previsão de mais de R$ 45 milhões em investimentos em projetos e obras de Sistemas de Abastecimento de Água (SAS) e Sistemas de Esgotamento Sanitário (SES) em cidades da Bacia do Rio Piracicaba.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...