Governo Lula pretende se inspirar na Austrália para explorar lítio no Brasil

Publicado em

De acordo com o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Vitor Saback, o modelo australiano é considerado “amigável” pelos investidores do setor.

O lítio é um metal alcalino utilizado, principalmente, na indústria elétrica para a produção de baterias e considerado uma matéria prima de interesse econômico para vários países. De acordo com dados da US Geological Survey, o uso de baterias de lítio recarregáveis em dispositivos eletrônicos aumentou nos últimos anos. Atualmente, a Austrália é a maior produtora de lítio do mundo, com 55.000 toneladas métricas produzidas no ano de 2021. No Brasil, a demanda pelo metal também causou um aumento expressivo na exploração e produção de lítio e levou o país à quinta posição no ranking dos maiores produtores do mundo. 

Em relação ao modelo de exploração do lítio no Brasil, o governo Lula tem adotado uma postura de alinhamento com o modelo australiano. O novo secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Vitor Saback, afirma que o presidente Lula pretende adotar um modelo semelhante ao australiano.

“Vemos movimentos de países como Chile e México, que estão desenvolvendo (a exploração do lítio) e resolveram se fechar um pouco internamente […] A gente está muito alinhado à política da Austrália.” – afirmou Saback em entrevista à Bloomberg, em Nova York.

O secretário esteve em uma reunião com possíveis investidores do chamado Vale do Lítio, localizado em Minas Gerais e apontou o interesse do atual governo em desenvolver a cadeia produtiva do lítio no país. Os principais pontos a serem observados pelo Brasil, na mineração australiana, são a transição energética e o incentivo aos investidores.

Exploração de lítio na Austrália e no Brasil

A primeira mina de lítio foi encontrada na Austrália em 1980. A Mina de Greenbushes tornou-se a maior mina de lítio do mundo e produziu, em 2021, mais de um quinto da produção mundial do metal. A mineração de lítio na Austrália tem passado por um processo de transição em função da necessidade de minimizar os impactos ambientais causados no processo de extração e refino.

Atualmente, no Brasil, existem três mineradoras que exploram o lítio: a Companhia Brasileira de Lítio (CBL), a AMG Brasil e a canadense Sigma Lithium. O centro de exploração de lítio no Brasil é o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais.

sigma litio bateria 100222
Área de exploração de Lítio no Vale do Jequitinhonha (MG). Crédito: Divulgação/Sigma

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...