Abastecimento de água em Itabira é retomado após furto de cabos na ETA Campestre

Publicado em

 

Uma ação de criminosos deixou moradores de Itabira sem água desde a noite de domingo (17), quando vários cabos elétricos foram roubados da Estação de Tratamento de Água (ETA) Campestre. Desde a manhã dessa segunda-feira, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) realiza manobras para amenizar o prejuízo na cidade mineradora, que teve o abastecimento comprometido.

De acordo com o Saae, foram afetados os bairros Bela Vista, Campestre, Cidade Nova, Eldorado, loteamento Village da Lagoa, Nossa Senhora das Oliveiras, Nova Vista, Pedreira do Instituto, Penha, Santo Antônio e São Pedro. O abastecimento foi retomado gradativamente, depois das operações emergenciais.

Ainda de acordo com o órgão, unidades de abastecimento do Saae ficaram sem energia, o que impediu o bombeamento de água. A sala de controle também foi afetada, ficou sem receber informações em tempo real sobre o nível dos reservatórios, da distribuição de água, da pressão de rede e sobre o acionamento de válvulas. O monitoramento precisou ser realizado pessoalmente.

Um Boletim de Ocorrência foi lavrado, mas até a manhã desta terça-feira, ninguém havia sido preso. O Saae informou, ainda, que avalia os estragos para definir como será restabelecida a fiação.

Casos emergenciais de falta de água devem ser comunicados pelo telefone 115. O serviço funciona 24 horas e a ligação é gratuita. Ao ligar é preciso ter em mãos a conta de água ou o número da matrícula. Outra opção é entrar em contato pelo WhatsApp, pelo número (31) 3839-1330.

Reincidência

Não é a primeira vez que crimes do tipo causam prejuízos à autarquia e à população. No último dia 12 de agosto, o painel de leitura dos reservatórios do Fênix teve furtada parte da fiação. O equipamento é responsável por transmitir à sala de controle do Saae informações sobre o nível de água do reservatório e distribuição para a população.

Em fevereiro deste ano, a tampa e a boia do reservatório de água do bairro Santa Marta foram quebradas, mesmo depois de a tampa ter ganhado reforço estrutural com solda, justamente por ter sido violada em uma ocasião anterior.

Sem Titulo 4 7
Vândalos causam prejuízos recorrentes ao Saae e à população, como no caso do reservatório de água do Santa Marta

A população pode denunciar crimes contra o patrimônio público pelo telefone 190 da Polícia Militar ou pelo Disque Denúncia 181, sem precisar se identificar.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...