Obras de R$ 47 milhões para desviar trânsito do Serro são vistoriadas pelo DER-MG

Publicado em

 

Representantes da Anglo American, do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e da prefeitura de Serro realizaram uma vistoria nas obras rodoviárias da alça viária do bairro Machadinho, entre o Anel do Serro (MGC-259) e o entroncamento da MG-010. O trecho de 1,3 quilômetros visa desviar o trânsito do local, com R$ 47 milhões em investimentos na cidade do Médio Espinhaço, área de influência da mineração.

O empreendimento é fruto de um convênio assinado entre Anglo American e Governo de Minas. Além da alça viária, a parceria conta com a recuperação de oito quilômetros do Anel do Serro, nas rodovias MGC-259 e MG-010, e, ainda, a recuperação do pavimento da rodovia MG-010, entre a saída do município do Serro. As intervenções se iniciam no pórtico de boas-vindas da cidade, até o fim da Avenida Minas Gerais e o distrito de Deputado Augusto Clementino (conhecido como Mato Grosso), em um trecho de 13,6 quilômetros em direção a Conceição do Mato Dentro.

O diretor-Geral do DER-MG, Rodrigo Tavares; o prefeito do Serro, Epaminondas Miranda; o gerente de Assuntos Institucionais e Corporativos da Anglo American, Thomas Nemes; e o coordenador de Relações Governamentais da Anglo American, Evandro Zanoli, fizeram parte do grupo que avaliaram o andamento das obras.

“Tivemos a oportunidade de acompanhar de perto o avanço das atividades de implantação da alça viária do bairro Machadinho, aqui no Serro. Essa atividade teve o objetivo de assegurar que as etapas previstas estão sendo devidamente seguidas junto à empresa executora, além de identificar adequações e melhorias para o projeto”, diz Rodrigo Tavares.

“O convênio assinado entre Anglo American e Governo de Minas Gerais vai oferecer uma melhor infraestrutura e qualidade de tráfego de veículos na região do Serro, com reflexo positivo para o desenvolvimento socioeconômico regional. E os recapeamentos realizados já estão trazendo mais segurança para a população.”, explica Thomas Nemes.

Obras são custeadas por mineradora

A execução das obras na região do Serro está a cargo do DER-MG, por meio de empresa contratada, sendo a Anglo American responsável pelo custeio das atividades. A previsão é de que as atividades sejam concluídas até o primeiro semestre de 2024.

“Não tenho como não expressar minha alegria e satisfação pelas obras em andamento em nossa região, que por meio da parceria entre o DER-MG, a Anglo American e o município de Serro, irão melhorar significativamente a infraestrutura e a mobilidade das pessoas, beneficiando milhares de moradores, comerciantes, turistas e produtores rurais. Essas obras são um exemplo de como a união entre o poder público e a iniciativa privada pode trazer resultados positivos”, destaca Epaminondas Miranda.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...