Por irregularidades em licenciamento, MPMG paralisa terminal de minério em Barão de Cocais

Publicado em

 

Atendendo a pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para sanar irregularidades, a Justiça deferiu liminar determinando ao Centro de Distribuição de Barão Ltda. (CDB) a elaboração do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) do terminal de minério localizado em Barão de Cocais, município da região do Quadrilátero Ferrífero. A empresa tem prazo de 30 dias para o envio da documentação e está impedida de realizar obras de instalação e operação do empreendimento até a aprovação dos estudos.

De acordo com o MPMG, a decisão também determina que “o estado de Minas Gerais proceda a imediata suspensão dos efeitos da licença ambiental deferida ao CDB para a atividade do terminal até que haja apresentação dos estudos”.

Irregularidades no processo de licenciamento

A decisão foi proferida em Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo MPMG contra a CDB devido a irregularidades no processo de licenciamento ambiental para o terminal de minério. Conforme a ação, a empresa recebeu a licença mesmo não tendo apresentado o EIA/RIMA aos órgãos do Estado.

Ainda de acordo com o MPMG, também não foram realizadas as audiências públicas necessárias para a obtenção da licença ambiental.

Por meio de nota, a CDB Logística informou que “o processo de licenciamento está regular, tendo sido realizado em observância a todos os parâmetros legais e tramitado perante o órgão ambiental competente, com os estudos técnicos e ambientais exigidos”.

Além disso, a CDB alegou que o empreendimento visa otimizar o transporte de minério entre Minas Gerais e Espírito Santo, por meio da implantação de um terminal ferroviário que vai reduzir significativamente o tráfego nas BR-381 e 262.

Já a Semad informou que ainda não foi intimada sobre a decisão.

 

Atualizado em 13/03/2024, às 8h40

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...