Ibram abre programação de Seminário sobre segurança de barragens de rejeito em Belo Horizonte

Publicado em

 

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) iniciou na manhã desta terça-feira (2) o Seminário Brasileiro de Segurança em Estruturas de Rejeitos 2024 / Tailings Safety Brazil Seminar 2024. O evento, realizado no auditório do Hotel Mercure, na zona sul de Belo Horizonte, debate os “avanços e os novos rumos da gestão de estruturas de disposição de rejeitos da mineração”, reunindo um grupo de especialistas e autoridades brasileiras e estrangeiras no assunto.

Na programação estão sendo trabalhados temas como regulação, padrões globais e gestão das estruturas de disposição de rejeitos; gestão de riscos; alternativas para disposição de rejeitos, e Planos de Ação de Emergência. A proposta é compartilhar informações e conhecimento técnico sobre as estruturas de disposição rejeitos, de água e os desafios diante dos cenários de mudanças climáticas.

A abertura contou com a participação da presidente da Anglo American no Brasil e presidente do Conselho Deliberativo do Ibram, Ana Sanches, e do vice-presidente do Ibram, Fernando Azevedo e Silva.

“Quando a gente pensa em segurança, por si só já é absolutamente relevante. Segurança das pessoas que trabalham na mineração, segurança das comunidades que nos acolhem, segurança do meio ambiente e toda a questão reputacional. O que a gente espera é que o setor realmente tenha aprendido com as marcas desse passado recente, que a gente não perca nenhuma oportunidade de aprendizado, para que a gente não veja mais o que aconteceu nesses dois últimos eventos acontecerem novamente”, diz Ana Sanches, referindo-se às tragédias de Mariana e Brumadinho, ocorridas em 2015 e 2019, respectivamente.

O diretor técnico de Projetos da Samarco, Reuber Koury, expressou o sentimento de lamento da mineradora, protagonista da primeira tragédia, pelos impactos do rompimento da barragem de Fundão. “A Samarco passou por uma grande mudança, priorizando o desdobramento das lições aprendidas desde o rompimento, quando foi estabelecido um novo propósito: o de fazer uma mineração diferente e sustentável. Obtivemos da sociedade a permissão de reiniciar as operações e estamos fazendo de forma gradativa e segura, sem utilização de barragens de rejeito”.

Entre os painéis desenvolvidos pela manhã, destaque para o intitulado “Padrões Globais e a Gestão de Riscos nos Processos e Negócios da Mineração no Mundo”. Apresentado pela professora, diretora de E&O do Centro de Rejeitos da Colorado School of Mines (EUA), Priscila Nelson, o painel teve como foco, como o nome sugere, o Padrão Global da Indústria para a Gestão de Rejeitos.

O modelo, lançado em 2020, define responsabilidades e ações que priorizam a segurança das estruturas de disposição de rejeitos ao longo de todas as fases de seu ciclo de vida. A painelista explicou sobre as exigências e protocolos globais para a divulgação de informações relevantes para atingir o “dano zero” ao meio ambiente e às pessoas, com “tolerância zero” para fatalidades humanas.

werg
Evento promove debates sobre meios de transformar a mineração em atividade segura e sustentável

Programação do Seminário do Ibram

A programação do Seminário Brasileiro de Segurança em Estruturas de Rejeitos 2024 / Tailings Safety Brazil Seminar 2024, continua durante a tarde desta terça-feira, com mais quatro paineis, e também nesta quarta-feira (3), com apresentações de 9h às 17h30.

O evento tem a cobertura do Cidades & Minerais em parceria com a MM Advocacia Minerária.  Clique para ver a programação completa.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios