Bento Rodrigues recebe primeira visita de comitiva formada por membros do Judiciário em 2024

Publicado em

 

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) divulgou, nesta sexta-feira (19), a realização de uma visita a Mariana feita por membros de uma comitiva que avalia regiões impactadas pelo rompimento da Barragem de Fundão, em 2015. O grupo, além de membros do MPMG, reúne representantes do Ministério Público Federal, da Advocacia Geral da União (AGU) e do Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF6).

De acordo com o MPMG, a ação tem como objetivo principal ouvir os relatos e preocupações dos moradores das comunidades afetadas, como Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo e a zona rural de Mariana. A visita incluiu uma passagem pela sede da Assessoria Técnica Independente (ATI) da Cáritas, em Mariana. Lá a comitiva ouviu relatos sobre as dificuldades enfrentadas pelos atingidos.

Na sequência a visita foi a Bento Rodrigues, uma das comunidades mais impactadas pelo desastre. Na ocasião do rompimento da estrutura da Samarco – mineradora subsidiária da Vale e da BHP Billiton – 19 pessoas morreram no local. Elas foram soterradas pelos rejeitos de mineração, na tragédia considerada um dos maiores crimes ambientais da história, ao lado do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em 2019.

“As imagens das ruínas e das marcas deixadas pela lama nas paredes das estruturas remanescentes ainda são visíveis, incluindo os escombros da Igreja São Bento, totalmente destruída pela tragédia”, resume o MPMG.

José Nascimento, conhecido como Zezinho do Bento, se emocionou ao chegar perto de onde morava: “Sinto uma dor no peito e vontade de chorar. Dói muito voltar em um lugar em que as pessoas viviam felizes, plantavam, colhiam e perderam tudo.”

Uma nova Bento Rodrigues

A comitiva também visitou o assentamento Nova Bento Rodrigues, construído pela Fundação Renova. Lá 60 famílias já residem novamente. Com a criação do TRF6 em agosto de 2022, os processos relativos ao desastre foram transferidos para o novo órgão do Judiciário e o primeiro compromisso público da presidente do Tribunal, desembargadora federal Monica Sifuentes, foi justamente em Mariana, já em 2024.

Sem Titulo 13 2
Foto: Fundação Renova – Devastado pela lama, distrito passou por reconstrução e abriga 60 famílias

“Estes são problemas que a Justiça Federal ainda tem que resolver, a visita marca o compromisso do TRF6 em agir com assertividade para amenizar a situação das pessoas afetadas por esse grande trauma que causou o acidente aqui em Minas Gerais”, afirmou a magistrada.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...