Amepi comemora aprovação do TCU a projeto de concessão da BR-381

Publicado em

 

A Associação dos Municípios do Médio Piracicaba (Amepi) demonstrou satisfação com a aprovação pelo Tribunal de Contas da União (TCU) do projeto de concessão da BR 381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares. O tribunal analisou a matéria na última quarta-feira, 7 de junho, aprovando o projeto por unanimidade.

De acordo com a Amepi, há décadas a entidade trabalha para que essa demanda se concretize. Nos últimos tempos a instituição promoveu ações conjuntas com associações comerciais e outros agentes. A obra é considerada um dos facilitadores para o desenvolvimento da região e do estado de Minas. Também é essencial para garantir mais segurança e agilidade no escoamento da produção, fortalecendo a economia.

O presidente da Amepi e prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, lembra que o Médio Piracicaba é uma das regiões econômicas mais importantes de Minas Gerais. Mesmo abrigando o segundo maior polo siderúrgico do país e um dos maiores polos da indústria de mineração do mundo, precisa conviver com a precariedade da estrada.

“De fato, a duplicação do trecho é essencial para o desenvolvimento do estado e da região, por onde passam milhares de veículos diariamente e grande parte do escoamento da produção. É uma obra que vai mudar o perfil logístico de Minas”, comenta o presidente da Amepi.

De acordo com o Ministério dos Transportes, o projeto prevê R$ 5,2 em investimentos para duplicar os cerca de 300km do trecho da rodovia durante os 30 anos de concessão. A proposta receberá ajustes da pasta e depois seguirá para análise da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), segundo comunicado do Minstério dos Transportes. A expectativa é de que o edital para a concessão seja lançado no quarto trimestre deste ano.

Articulação

Em abril, acompanhado de uma comitiva formada por prefeitos e lideranças da região, Marco Antonio Lage se reuniu em Brasília com o Ministro do TCU, o ex-governador de Minas Antonio Anastasia (foto). Os agentes políticos reforçaram a necessidade das obras na rodovia.

O presidente da Amepi destacou: “Mais do que nunca, a Amepi e os prefeitos precisam ficar unidos e colocar os grandes projetos acima da política, para que a região não fique atrás de outras do estado. A partir do advento da BR 381, o momento é fazer com que nossa região seja mais respeitada pela política estadual e nacional”.

Marco Antonio lamenta os acidentes frequentes que resultam em perdas de vidas no trecho da rodovia. “Precisamos de mais segurança e reduzir todo o drama social das mortes e dos acidentes. Vamos nos mobilizar agora para os próximos passos da concessão, junto ao Governo Federal, para que todo o processo se resolva no mais curto espaço de tempo possível”, conclui.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...