Minas, uma preciosidade sem igual

Publicado em

(1)

No século XVI, quando bandeirantes viajavam pelas terras do nosso país em busca de riquezas minerais e pedras preciosas, foram feitas as descobertas das primeiras jazidas. Ao final do século XVII, pelas explorações feitas na região mais tarde chamada de Minas Gerais, descobriu-se que havia ouro em abundância, o metal mais cobiçado da época. Com isso, houve um aumento significativo no garimpo e trabalho escravo, fazendo com que a quantidade de ouro que era extraída fosse absurdamente alta. A maior parte do ouro acabava sendo exportado para Portugal, já o restante, que era monopolizado por poucas pessoas, foi destinado para a ornamentação de igrejas; igrejas essas que são monumentos históricos e se tornaram importantes pontos turísticos em cidades como Ouro Preto e Diamantina. 

Dos minerais preciosos encontrados nas jazidas para exploração, os que podemos dar mais destaques são ouro, esmeraldas e diamantes. Ainda hoje encontra-se esses três minerais, porém, devido à exploração desenfreada durante um longo período, com o tempo foi esgotando-se. 

Mesmo depois de séculos de exploração, Minas continua sendo o maior produtor de ouro e diamante do Brasil, possuindo um reconhecimento internacional a respeito das suas riquezas minerais. Ainda hoje há a atividade de mineração no nosso país, mas com foco no minério de ferro. Compradores do mundo todo visitam diversas cidades do Estado mineiro atrás das suas gemas coradas e pedras preciosas, principalmente em Teófilo Otoni, que é considerada a Capital Brasileira das Pedras Preciosas. E é sobre ela que daremos destaque no texto seguinte. 

 

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...