Após discurso na ONU, Lula e Biden se encontram e Venezuela entra na pauta

Publicado em

Após o discurso de terça-feira (19) na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), os presidente Lula e Biden se encontraram para tratar de assuntos de interesse entre os dois países. Além disso, a Venezuela foi uma das pautas da conversa.

Segundo comunicado passado a imprensa, Joe Biden, pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que o Brasil possa ajudar a normalizar o diálogo político na Venezuela.

O Brasil e os Estados Unidos têm discutido medidas concretas para uma transição democrática para que o país possa realizar eleições justas no próximo ano.

Segundo o Itamaraty, Biden enfatizou a Lula que os Estados Unidos fizeram um gesto para relaxar as sanções à Venezuela. Internamente, os membros da reunião entre os dois presidentes sublinharam que o anúncio dos EUA de acabar com as sanções à Venezuela era novo.

Encontro de Lula e Biden tratou também de direitos trabalhistas

A Parceria pelos Direitos dos Trabalhadores é uma iniciativa entre os dois países para promover o trabalho digno e foi um dos assuntos debatidos entre Lula e Biden.

Lula e Biden defenderam a ideia de que todas as classes sociais beneficiam com a redução da pobreza e a valorização dos trabalhadores.

Os chefes de Estado emitiram uma declaração conjunta afirmando “o seu compromisso comum com os direitos dos trabalhadores e a promoção do trabalho digno”. Existem principalmente cinco pontos:

  • Proteger e capacitar os trabalhadores e acabar com a sua exploração, incluindo o trabalho forçado e o trabalho infantil, de acordo com as convenções fundamentais da Organização Internacional do Trabalho;
  • Promover o trabalho seguro, saudável e digno e a responsabilização pelo investimento público e privado;
  • Promover abordagens centradas nos trabalhadores para a digitalização e a transição para energias limpas;
  • Aproveitar a tecnologia para o benefício de todos;
  • Combater a discriminação no local de trabalho, especialmente contra mulheres, pessoas LGBTQI e grupos raciais e étnicos marginalizados.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...