Parceria entre CBMM e Toshiba deve impulsionar mercado de carros elétricos em 2024

Publicado em

 

O Governo de Minas anunciou, nesta segunda-feira (13) que a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), por meio de uma parceria, deve iniciar no próximo trimestre, em Araxá, no Alto Paranaíba, a produção de materiais para uma nova geração de baterias que utilizam uma solução avançada capaz de impulsionar a transição energética global. A tecnologia foi apresentada ao governador Romeu Zema na sede da Toshiba, em Kawasaki, no Japão.

De acordo com o governo do estado, a empresa japonesa desenvolveu o novo método em parceria com a CBMM. Em 2018, a companhia formalizou a parceria com a Toshiba Corporation para o desenvolvimento de baterias de lítio com ânodos de óxidos mistos de nióbio e titânio, para uso principalmente em veículos elétricos. As baterias suprem tanto carros de passeio como máquinas pesadas.

A ideia é, segundo o Governo de Minas, fortalecer a cadeia produtiva de lítio, nióbio e outros elementos. “Ficamos impressionados com a capacidade dessa nova tecnologia, que vai viabilizar baterias menores, com maior autonomia e menor tempo para recarga. A CBMM vai iniciar a fábrica da matéria prima que possibilita a construção da bateria, mas queremos mais. Apresentamos à Toshiba as potencialidades de Minas para que ela também fabrique a bateria em Minas”, comentou o governador.

Parceria deve fomentar cadeia produtiva

A nova planta de óxidos da CBMM terá capacidade produtiva de 3 mil toneladas por ano de óxidos mistos para baterias, aplicáveis em tecnologias de carregamento ultrarrápido e seguro, de alta potência e maior vida útil, movimentando toda a cadeia produtiva do lítio. O governo estima que a produção comece com uma escala menor, mas com as novas baterias já disponíveis no mercado até o fim do ano que vem.

O lítio é o principal fator de desenvolvimento do Norte de Minas, atualmente, principalmente por meio da operações de empresas que atuam no Vale do Jequitinhonha. O mineral é essencial para a produção de baterias de longa duração. Assim como o nióbio – com 80% da produção mundial concentrada em Minas Gerais –, o lítio também se destaca no objetivo de eletrificação por suas propriedades. Entre as vantagens dessa nova tecnologia que combina os dois minerais estão, por exemplo, maior durabilidade das baterias e carregamento ultrarrápido.

“Por ser um elemento muito estável, o nióbio permite operações mais seguras e eficientes. Além disso, possibilita a recarga total em menos de dez minutos, sem causar danos à bateria. Por estas características únicas, as baterias com nióbio apresentam mais segurança e uma vida útil muito maior que a das baterias tradicionais”, gerente executivo do Programa de Baterias da CBMM, Rogério Ribas.

“Hoje, você pode levar uma ou duas horas para carregar um carro elétrico totalmente. Em uma viagem entre Minas e São Paulo, seria necessária uma parada longa. Mas, com baterias com essa tecnologia, você poderá recarregar o carro enquanto faz um lanche. É um avanço considerável em relação ao que temos hoje no mundo”, complementa o secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio,

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...