História de Santa Bárbara

Publicado em

A cidade do tradicional mel de Santa Bárbara 

Fundada em 1704 por bandeirantes paulistas, Santa Bárbara é considerada uma das principais cidades quando o assunto é Reserva Natural do Patrimônio Natural – Santuário do Caraça, preservando grandes traços da história de Minas Gerais e arquitetura colonial do século XVIII. Sendo integrante do Grupo do Ouro de Minas Gerais, faz parte do Caminhos de Diamante da Estrada Real. 

O bandeirante paulista Antônio Silva Bueno encontrou ricas minas de ouro ao explorar as margens do ribeirão. Movidos pela ambição, novos aventureiros se mudaram com a intenção de minerar e, assim, se tornaram moradores da região. 

Porém, na segunda metade do século XVII, com a alta exploração que acontecia ali, o ouro encontrado nos vales do rio começou a se esgotar e os habitantes da região passaram a utilizar da criação de gado e subsistência para sobreviver. 

Após a fase ruim, a boa localização geográfica facilitou o desenvolvimento da até então Vila para Cidade. 

No início do século XX, em 1911, para ser mais exato, inaugurou-se a estação Ferroviária da estrada de Ferro Central do Brasil, o que resultou na atualização das atividades econômicas.

Além de ser conhecida também como a cidade do tradicional mel de Santa Bárbara, é a terra natal do ex-presidente Afonso Pena. 

A economia gira muito em torno do turismo, tendo vários pontos históricos como a Igreja Matriz de Santo Antônio (considerada uma das mais belas igrejas setecentistas de Minas), a Igreja Nossa Senhora do Rosário – conhecida também como Capela Rosário dos Negros -, o Prédio da Cadeia Antiga, Antiga Estação de Santa Bárbara (que durante muitos anos foi uma importante linha que ligava a capital mineira à Vitória, no Espírito Santo) e muitos outros pontos. 

santa barbara mg consolide
Foto: Consolide

Mas não só de turismo a economia é formada. Além do grande número de comerciantes e atacadistas, há também um aumento nos projetos siderúrgicos em municípios próximos, fazendo com que haja uma ativação na exploração do minério de ferro e uma maior produção na quantidade de carvão vegetal.

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...