Desempenho do setor mineral em 2022

Publicado em

Divulgado na última terça-feira (7), o desempenho do setor mineral em 2022 apresentou números inferiores em relação a 2021. Leia a matéria a seguir e saiba mais.

De acordo com os dados divulgados na última semana, a menor demanda por minério de ferro da China influenciou de forma significativa na queda do preço da commodity. O saldo mineral em 2022 chegou a quase 40% a menos em relação ao saldo de 2021 e o Brasil também registrou queda na produção, no faturamento e no volume de exportações minerais. Todavia, o setor mineral teve destaque na geração de empregos. Em 2022, a mineração gerou mais de 5 mil vagas diretas.

“Tivemos queda em termos de produção (-12% estimada), faturamento (-26%), exportações (-28%) e recolhimento de tributos e encargos (-24,6%). Porém, foram criadas mais de 5,7 mil vagas, de janeiro a novembro, totalizando quase 205 mil empregos diretos; incluindo os indiretos, a mineração gera mais de 2 milhões de vagas” – aponta o diretor-presidente do IBRAM, Raul Jungmann.

A queda do faturamento do setor mineral exerceu grande impacto sobre os tributos recolhidos pela mineração. O recolhimento da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) foi 31,8% menor no ano de 2022 em relação ao ano de 2021.

Sem titulo 4

Perspectivas para 2023

De acordo com o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), os resultados deste ano devem apresentar volatilidade devido à influência que a demanda externa por minério exerce sobre o Brasil. Além disso, a implantação de novos encargos e políticas pode elevar os custos dos projetos e atividades minerárias. Dessa forma, a competitividade internacional deve diminuir e afetar, de forma negativa, a aplicação de investimentos no Brasil. Contudo, o IBRAM afirma que as perspectivas para o setor apontam estabilidade em relação ao desempenho registrado em 2022.

O instituto também apresentou novas ações de combate ao garimpo ilegal que tem avançado na Amazônia. Diversas organizações como o Banco Central, o Ministério de Minas e Energia, a União Europeia e a Polícia Federal estão envolvidas em iniciativas contra a prática criminosa responsável pela crise humanitária dos povos Yanomamis e por diversos crimes ambientais.

De acordo com o MapBiomas, o garimpo ocupava 196 hectares em 2021. O número supera a área utilizada na mineração e aponta que a atividade tem se expandido além das áreas que são concedidas legalmente.

Conexao Planeta
Área de garimpo ilegal na Amazônia. Imagem: Reprodução | Conexão Planeta

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...