Série Debaixo da Terra, Acima dos Padrões: Prevenção e resposta a incêndios

Publicado em

Uma Abordagem Integrada para a Segurança no Ambiente de Trabalho

 

Na indústria de mineração, a elaboração, implementação e atualização de um plano de emergência é vital para garantir a segurança e bem-estar dos trabalhadores. Este plano descreve os procedimentos que devem ser seguidos em casos de emergências como incêndios ou explosões, sendo a educação e treinamento dos trabalhadores um componente crucial deste plano. Este artigo explora os aspectos essenciais de um plano de emergência e as responsabilidades tanto dos trabalhadores quanto dos brigadistas na prevenção e resposta a incêndios.

O plano de emergência é uma ferramenta essencial para identificar e mitigar riscos no local de trabalho. Ele deve detalhar os principais riscos presentes, os procedimentos a serem seguidos em caso de emergências como incêndios, explosões, desabamentos, paralisação do fornecimento de energia, entre outros. Também deve indicar a localização de equipamentos e materiais necessários para operações de emergência e primeiros socorros, definir áreas de refúgio, sistemas de comunicação e sinalização de emergência, além de estabelecer a coordenação com órgãos de Defesa Civil.

A educação e treinamento contínuo são fundamentais para garantir que todos estejam preparados para agir em caso de emergência. Os trabalhadores devem ser treinados sobre como utilizar os equipamentos de combate a incêndio, procedimentos para evacuação segura dos locais de trabalho, e como operar os dispositivos de alarme existentes na empresa.

As saídas de emergência, descritas em uma Rota de Fuga, são outro ponto crucial do plano de emergência. Estas saídas devem ser claramente sinalizadas e nunca devem ser bloqueadas durante a jornada de trabalho. É importante que existam dispositivos de travamento que facilitem a abertura das saídas a partir do interior do local.

Os brigadistas têm um papel especial na prevenção e combate a incêndios. Eles devem conhecer e saber operar todos os equipamentos de emergência existentes na empresa, tais como mangueiras, sistemas automatizados e extintores, que são essenciais para combater incêndios. Cada tipo de extintor é projetado para um tipo específico de fogo, sendo crucial escolher o extintor correto para evitar agravar a situação.

Além disso, os brigadistas devem tomar medidas preventivas como avaliar os riscos existentes nos locais, inspecionar a Rota de Fuga, os equipamentos de combate a incêndio e de primeiros socorros, e elaborar relatórios com as irregularidades encontradas, encaminhando-os para os setores competentes. Eles também devem orientar os trabalhadores e participar de exercícios simulados para garantir que todos estejam preparados para enfrentar emergências.

O entendimento e a adesão ao plano de emergência são essenciais para garantir a segurança no ambiente de trabalho. Por meio do treinamento contínuo e da implementação de medidas preventivas, é possível criar um ambiente de trabalho mais seguro e estar preparado para responder de maneira eficaz em caso de emergências.

Após compreender a importância e as ações necessárias para a prevenção de incêndios, é crucial dar o próximo passo ao explorar como responder eficazmente caso um incêndio ocorra. O treinamento adequado e a preparação não apenas previnem incidentes, mas também equipam os trabalhadores e os brigadistas com as habilidades necessárias para responder a emergências de forma segura e eficaz. Então temos de nos perguntar, como delinear-se-á o papel crítico de um plano de emergência bem elaborado, e como ele serve como um guia para ações seguras e eficazes durante uma emergência.

Bem, é de suma importância estar preparado para lidar com situações de emergência, como incêndios e explosões. Então vamos falar de fogo.

O Tetraedro do Fogo é um modelo que explica como e por que os incêndios ocorrem. É composto por quatro elementos fundamentais: combustível, comburente (geralmente oxigênio), calor e a reação química em cadeia. O combustível é o material que queima e pode ser sólido, líquido ou gasoso. O comburente é o oxigênio, que ativa a combustão. O calor fornece a energia necessária para iniciar a reação entre o combustível e o comburente. Por fim, a reação química em cadeia é o processo que mantém e propaga a combustão.

Os incêndios são classificados em diferentes categorias, dependendo da natureza do combustível envolvido. Os incêndios Classe A envolvem materiais sólidos como madeira, papel, tecidos ou fibras que queimam em sua superfície e profundidade, deixando resíduos. Incêndios Classe B são causados por líquidos inflamáveis como óleo, gasolina ou tintas que queimam apenas na superfície, sem deixar resíduos. Incêndios Classe C ocorrem em equipamentos elétricos energizados, enquanto os incêndios Classe D envolvem metais pirofóricos como magnésio, titânio e sódio.

A prevenção é sempre o melhor caminho para evitar incêndios e explosões. Algumas medidas preventivas incluem:

Armazenamento Seguro – Materiais devem ser armazenados em locais adequados e seguros, longe de fontes de calor e com ventilação adequada.

Manutenção de Ordem e Limpeza – Manter o local de trabalho limpo e ordenado, eliminando restos de materiais combustíveis e fazendo manutenção adequada dos equipamentos para evitar faíscas decorrentes de atrito.

Uso de Substitutos Menos Inflamáveis – Sempre que possível, substituir combustíveis por produtos menos inflamáveis que cumpram a mesma função.

Proibição de Fumar – Em áreas onde existem materiais inflamáveis, é essencial proibir fumar.

Equipamentos de Segurança – Utilizar ferramentas antifaíscas em locais de risco de incêndio e explosão.

Além disso, a estrutura física da empresa deve ser projetada para evitar incêndios. Isso inclui a instalação de detectores de fumaça, sistemas de extinção de incêndios, rotas de fuga claramente sinalizadas e um plano de emergência bem elaborado e comunicado a todos os trabalhadores.

Ramon Canuto, chefe da brigada de incêndio, destaca a importância de medidas de prevenção estrutural, como a instalação de para-raios, exaustão localizada e ventilação em áreas onde podem ocorrer focos de incêndio e explosões.

A prevenção e a preparação são cruciais para garantir a segurança no ambiente de trabalho. Através da compreensão do Tetraedro do Fogo e da implementação de medidas preventivas, é possível criar um ambiente de trabalho mais seguro e estar preparado para reagir de forma eficaz em caso de emergências.

Rodrigo Oliver é Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, com consultorias prestadas para mais de 200 empresas na área de mineração; responsável técnico pelo software eSocial Brasil e pela rede de clinica médicas ocupacionais Pro Life, com atuação em Itabira, Barão de Cocais, Nova Lima, Itabirito, Mariana e Congonhas..
Rodrigo Oliver é Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, com consultorias prestadas para mais de 200 empresas na área de mineração; responsável técnico pelo software eSocial Brasil e pela rede de clinica médicas ocupacionais Pro Life, com atuação em Itabira, Barão de Cocais, Nova Lima, Itabirito, Mariana e Congonhas.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios