AMIG se pronuncia sobre o Projeto Serra da Serpentina da Vale

Publicado em

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil (AMIG) falou sobre os possíveis impactos gerados pelo projeto em Conceição do Mato Dentro e apontou a falta de transparência da Vale no repasse de informações.

O projeto Serra da Serpentina é um empreendimento de grande porte da Vale que pretende se instalar em Conceição do Mato Dentro e abranger outros dez municípios de Minas Gerais. De acordo com a mineradora, o objetivo é explorar minério de ferro na região de Conceição do Mato Dentro e transportá-lo via mineroduto até o município de Nova Era. No momento, o projeto se encontra em fase de licenciamento e ainda não possui licenciamento ambiental.

A possibilidade de um novo projeto minerário em Conceição do Mato Dentro tem fomentado algumas discussões no setor mineral, principalmente, em Minas Gerais. Em entrevista ao Cidades e Minerais, o consultor de relações institucionais e econômicas da AMIG, Waldir Salvador, apontou a falta de transparência da Vale em relação às informações e a falta de conhecimento do município sobre o projeto.

“A nossa condição de opinar sobre o projeto é baixíssima porque a Vale não é transparente. A gente não conhece o processo com profundidade. O próprio prefeito da cidade, a cidade como um todo, o poder legislativo e o executivo não conhecem com profundidade o projeto. Esse é um dos grandes problemas da mineração brasileira.” – destacou.

De acordo com Waldir, a obrigação de uma mineradora, ao desenvolver um projeto, é apresentá-lo ao município e esclarecer aspectos como a expectativa de geração de empregos e impactos sociais, ambientais, urbanos e tributários. O consultor também ressaltou que s AMIG sempre se posiciona de forma favorável à atividade mineradora se esta for realizada de forma responsável e correta.

“Todos esses impactos têm que ser apresentados à sociedade junto com os impactos positivos. As empresas não estão habituadas, parece que elas não entenderam que elas exploram uma commodity que é do país, e não deles. A gente é completamente a favor da atividade, mas é completamente a favor de uma nova conduta das mineradoras.– afirmou.

Sobre a construção de um novo mineroduto

De acordo com o EIA/RIMA da Vale, o Projeto Serra da Serpentina envolve a construção de um mineroduto de, aproximadamente, 115 km para transportar o minério de ferro até o pátio ferroviário da Vale, em Nova Era. A possibilidade desta obra tem despertado insegurança nos moradores de Conceição do Mato Dentro que temem pelo uso e poluição dos recursos hídricos. 

É importante ressaltar que o município sedia o maior mineroduto do mundo, o qual é utilizado pela Anglo American. Em relação à possibilidade de um novo mineroduto, a AMIG questiona a escolha deste modelo de transporte e ressalta a dificuldade de opinar devido à falta de informações. De acordo com a associação, o mineroduto não gera riquezas e não agrega valor econômico para o município, além do impacto ambiental causado sobre os recursos hídricos.

“Por que não se pode fazer ferrovia em vez de mineroduto? Ferrovia não gasta água, a ferrovia gera outras riquezas porque o transporte não precisa ser exclusivamente de minério, onde você passa um trem você passa inúmeras coisas. Isso foi discutido com a sociedade? Existe alguma alternativa ao mineroduto como a ferrovia, que gera outras riquezas? O mineroduto não gera riqueza, o que ele agrega de valor econômico a uma cidade? Nada! A ferrovia pode transportar outros produtos, transportar gente, dar competitividade às regiões que a ferrovia passa, mas a gente não sabe, às vezes não tem condições mesmo, às vezes não é economicamente viável, mas como é que nós vamos saber se não conhecemos o projeto? É errado. Muito errado.”

O prefeito de Conceição do Mato Dentro, José Fernando de Oliveira, também se pronunciou sobre o projeto. Saiba mais em:

https://cidadeseminerais.com.br/prefeito-de-conceicao-do-mato-dentro-se-pronuncia-sobre-projeto-da-vale-no-municipio/

https://cidadeseminerais.com.br/vale-pode-operar-em-conceicao-do-mato-dentro-com-projeto-serra-da-serpentina/

Matérias Relacionadas

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

“A Concessão Itabira Iron”: Livro relata a história da mineração em Itabira.

"A concessão Itabira Iron, a origem da Vale e os primórdios da mineração no...

“É impossível conduzir uma agência na situação que ela está” – diz AMIG sobre Agência Nacional de Mineração

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil(AMIG) declarou apoio aos...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios

‘AMM nas Micros’ chega em Conceição do Mato Dentro na próxima semana

A caravana do “AMM nas Micros” volta às estradas e desta vez o objetivo...