Unifei recebe usina da Cemig para ampliar desenvolvimento de Hidrogênio Verde (H2V)

Publicado em

 

Cemig e a Universidade Federal de Itajubá (Unifei) estão se consolidando como parceiras em importantes acordos de cooperação. O mais recente deles foi a formalização da transferência da Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Luiz Dias, de propriedade da Cemig, à Unifei, para ser utilizada na compensação da energia que será empregada no laboratório do Centro de Hidrogênio Verde (CH2V). O projeto contribui para o desenvolvimento de pesquisas sobre o vetor energético. A cessão foi feita de forma não onerosa para a universidade.

Produzido a partir de recursos renováveis, o Hidrogênio Verde (H2V) é considerado por muitos especialistas como uma chave promissora para a transição energética, a descarbonização e a sustentabilidade. Saiba mais.

Durante a cessão da usina, em evento realizado no último sábado (25), o diretor de Geração e Transmissão da Cemig, Thadeu Carneiro da Silva assinou protocolo de intenções para fins de colaboração científica e tecnológica entre as duas instituições.

“Trata-se de mais um passo para o fortalecimento do histórico laço entre as duas instituições, em uma iniciativa que irá fomentar a produção científica e tecnológica no setor elétrico nacional. O acordo prevê a colaboração abrangendo atividades de pesquisa, desenvolvimento e serviços científicos e tecnológicos; além de formação, treinamento e desenvolvimento de recursos humanos, absorção e transferência de tecnologias, aprimoramento técnico e científico e prototipação e desenvolvimento de sistemas em hardware e software” resume o Governo de Minas.

Inaugurada em 1914, a CGH está instalada no rio Lourenço Velho, no município de Itajubá, e possui duas unidades geradoras, representando 1,62 MW de potência instalada.

Centro de Hidrogênio Verde da Unifei

Dentro do âmbito do Centro de Excelência de Conservação de Energia, também construído em parceria com a Cemig, a Unifei vem desenvolvendo o CH2V, cujo objetivo é ajudar as indústrias mineira e brasileira a atravessarem a transição energética, reduzindo a pegada de carbono de seus produtos e tornando-os cada vez mais desejáveis em âmbitos nacional e internacional.

“O Hidrogênio Verde conta com grande importância em razão de sua versatilidade, já que há a possibilidade de ser transformado em combustível ou em eletricidade. Isso reduz o índice de emissão de gás carbônico na atmosfera, uma vez que ele é extraído de fontes limpas e renováveis”, afirma Thadeu Carneiro da Silva.

“O CH2V adotará a produção de Hidrogênio Verde por meio da eletrólise da água, utilizando energia elétrica proveniente de fontes renováveis como centrais hidrelétricas, centrais solares fotovoltaicas e centrais eólicas, entre outras”, explica o diretor. “Nesse contexto, a CGH Luiz Dias poderá contribuir efetivamente com o projeto, fornecendo energia limpa ao CH2V e servindo como um laboratório funcional para o aprimoramento técnico e científico da geração hídrica”, completa o executivo.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios