Itatiauçu firma convênio com BDMG para gerir fundo voltado para diversificação econômica

Publicado em

 

O presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Gabriel Viégas Neto, e o prefeito de Itatiaiuçu, Adelcio Rosa de Morais, assinaram nesta segunda-feira (2) um convênio para a gestão do Fundo de Desenvolvimento Econômico, criado pela gestão municipal para incentivar a diversificação da economia da cidade. Com o aporte de R$ 30 milhões a ser feito pela prefeitura, o banco poderá triplicar esse valor em oferta de financiamento com condições competitivas.

Atualmente, Itatiaiuçu tem a mineração como sua principal fonte de arrecadação, com a presença da Usiminas na cidade. Para atrair novos investimentos, a gestão do fundo vai permitir ao banco oferecer crédito em condições especiais às empresas com faturamento bruto anual acima de R$ 16 milhões, com carência de até 24 meses sendo o prazo total de pagamento de até oito anos.

“Com a criação do Fundo de Desenvolvimento para atrair médias e grandes empresas para Itatiaiuçu, ampliamos o nosso apoio aos municípios mineiros. Além do financiamento de projetos, agora também apoiaremos a atração de investimentos estratégicos para a cidade. Além disso, com essa iniciativa, será possível expandir e atender outros municípios interessados que também buscam diversificar a atividade econômica”, explica o presidente do BDMG, Gabriel Viégas Neto.

O prefeito de Itatiaiuçu, Adelcio Rosa de Morais, acredita que o fundo é uma forma organizada e estratégica de preparar a cidade para um futuro sustentável, com o fim da atividade minerária. “Essa nova frente vai se juntar às demais políticas públicas já implementadas, por meio do Itatiaiuçu Conecta – Programa de Desenvolvimento Econômico, lançado em maio deste ano e torná-la mais competitiva, fortalecendo a nossa economia, ainda tão dependente dos royalties da mineração”, afirma.

usiminas itatiaucu
Foto: Divulgação/ Usiminas – Cidade ainda depende economicamente de arrecadação gerada pela Mineração Usimas

Convênio deve gerar empregos

Os agentes envolvidos na criação do Fundo de Desenvolvimento também esperam que os novos investimentos sirvam para ampliar a disponibilidade de vagas de emprego na cidade. Um dos quesitos para as empresas buscarem o financiamento é a utilização da mão-de-obra local e ter capacidade de geração de empregos diretos e indiretos no município.

O diretor da Invest Minas, Ronaldo Alexandre Barquette, entende que os municípios, como destino final dos empreendimentos, são fundamentais para o processo de atração de investimentos e, por isso, precisam estar em consonância com as políticas públicas do Estado. “A iniciativa de criação desse fundo é um grande diferencial e que certamente irá atrair a atenção de investidores de diversas outras cadeias produtivas, promovendo a geração de empregos e o desenvolvimento local”, ressalta.

Sobre o Programa Itatiaiuçu Conecta

O Itatiaiuçu Conecta trabalha na atração de novos negócios para o município e na consolidação de negócios existentes na cidade, por meio de políticas públicas de fomento inteligentes e estratégicas, o que torna a cidade altamente competitiva e atrativa para empresas de segmentos variados. O trabalho é embasado em estudos e pesquisas que contam com o apoio de uma equipe de consultores do Instituto Pró-Città, instituição que auxilia o município em todo o processo de tomada de decisões.

Entre as iniciativas, destacam-se, ainda, a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, responsável pela integração da gestão pública e por descentralizar a tomada de decisão, por parte da administração pública. Já está em operação na cidade, o licenciamento ambiental de empreendimentos municipalizado até a classe 4 e um Plano Diretor que passou por uma leitura técnica minuciosa, e que oferece a segurança que as empresas necessitam para se instalarem na cidade.

A gestão pública criou, também, um sistema municipalizado e pioneiro que reúne áreas e/ou imóveis disponíveis na cidade, com características ideais para se tornarem sede de novos negócios. Além disso, a prefeitura adquiriu um terreno para implantação do primeiro condomínio empresarial da cidade, com cerca de 370 mil metros quadrados, localizado às margens da rodovia 381, que vai reunir os mais variados tipos de negócios. As informações são da Amig.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios