Clima de tensão toma conta da audiência pública que discute o tombamento da Serra do Curral no TJMG

Publicado em

O clima na audiência pública sobre o tombamento da Serra do Curral no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) foi tenso na noite de terça-feira (21).

A maior parte do público e os inscritos para falar ficaram do lado de fora, pois o auditório foi fechado antes que pudesse lotar. Isto causou confusão e atrasos na permissão de entrada das pessoas, levando a protestos antes de finalmente serem autorizadas a participarem.

A mesa central de discussão foi ocupada por procuradores e representantes da Taquaril Mineração S/A (Tamisa), mineradora que reivindica o direito de mineração no território. No entanto, eles não falaram com a imprensa.

As inscrições para falar na audiência começaram no início do mês e a agenda foi definida em conformidade. No entanto, ativistas ambientais criticaram a exclusão de certos participantes sem qualquer explicação clara.

Um total de 63 pessoas se inscreveram nesta audiência pública, o suficiente para ocupar mais da metade do auditório do TJMG, com capacidade para 100 lugares. Mas, no final, não foi bem essa a realidade.

Outra questão levantada foi a falta de tempo para apreciação dos documentos apreciados na audiência.

O que está sendo discutido sobre a Serra do Curral?

Essa audiência pública debate o futuro da Serra do Curral e 40% do abastecimento de água na região metropolitana de Belo Horizonte – 70% só na capital. Por um lado, os ambientalistas exigem que a montanha, incluindo Belo Horizonte e o túnel próximo a Tacuarir, sejam tombados como patrimônio e, por outro, a Mineradora Tamisa está solicitando autorização para explorar a área.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios