Projetos de municípios afetados na tragédia de Brumadinho receberão mais de R$ 220 milhões

Publicado em

 

Dez projetos de fortalecimento do serviço público vão receber mais de R$ 220 milhões provenientes do acordo entre Governo de Minas, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) com a Vale no âmbito das medidas de reparação pela tragédia de Brumadinho, que vitimou 272 pessoas em 2019. Os projetos beneficiam sete municípios atingidos pelo rompimento de barragem da Vale, todos impactados pela contaminação da bacia do Rio Paraopeba com rejeitos de mineração.

De acordo com o Governo de Minas, entre os municípios contemplados, Brumadinho vai receber R$ 32,9 milhões para a execução de dois projetos, um na área da saúde e outro para gestão municipal. A execução destes projetos já estava autorizada e aguardava a liberação do recurso pela Justiça.

Em Igarapé, Maravilhas, Mateus Leme (contemplado por dois projetos), Morada Nova de Minas e São Gonçalo do Abaeté (contemplado por dois projetos) cerca de R$ 184 milhões vão viabilizar ações de pavimentação, recapeamento de vias e construção de equipamentos públicos para esporte, lazer e cultura. Com a transferência, as prefeituras ficam autorizadas a iniciar a execução dos projetos. Este recurso para os cinco municípios são referentes aos conjunto de repasses que totalizam R$ 1,4 bilhão. Foram três transferências, a primeira em agosto, a segunda em setembro e agora a terceira.

Também está sendo comtemplado o município de Pompéu, com o valor de R$ 3,5 milhões, para a contratação e ampliação de exames como ultrassonografia, ressonância magnética, colonoscopia, tomografia, entre outros. Neste caso, as ações estão previstas  no  projeto “Ampliação de atendimento de consultas e exames especializados de cirurgias eletivas de média e alta complexidade”, que está sendo executado desde 2022, e já teve entregas de 62 itens, incluindo veículos.

Fiscalização dos projetos

Conforme o acordo, todos os projetos socioeconômicos desenvolvidos são fiscalizados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e acompanhados pelos compromitentes. A execução deles está também sujeita à fiscalização típica dos órgãos de controle da Administração Pública Municipal.

Os projetos foram selecionados a partir da Consulta Popular realizada em Brumadinho e nos outros 25 municípios da Bacia do Paraopeba atingidos pelo rompimento. As iniciativas compõem os Anexos I.3 (25 municípios) e I.4 (Brumadinho) da reparação socioeconômica, que contam com 94 projetos de fortalecimento do serviço público em execução e dois já concluídos.

Nestes dois anexos, foram destinados R$ 4 bilhões para aplicação nos projetos de fortalecimento do serviço público, sendo R$ 1,5 bilhão para Brumadinho e R$ 2,5 bilhões para os outros 25 municípios atingidos.

 Projetos contemplados em Brumadinho

Gestão Territorial – Estruturação de equipe de gestão para suporte e acompanhamento de projetos

Objetivo: Viabilizar o acompanhamento eficaz e a execução das ações do acordo, através do fornecimento de condições técnicas e de pessoal adequadas à Secretaria de Planejamento de Brumadinho. Isso permitirá o acompanhamento efetivo dos projetos executados pela Vale, além de apoiar a execução daqueles sob responsabilidade da prefeitura. A disponibilização de uma equipe técnica dedicada a esse acompanhamento é fundamental para garantir o melhor uso dos recursos e alinhar as ações com as necessidades da comunidade local.

Prazo: 5 anos de execução pelo município, ou seja, até outubro de2028.

Valor: R$ 4.078.512,00

Continuidade das ações de assistência social e saúde (TPA – Termo de Pactuação dos Atos)

Objetivo: Os recursos desempenham um papel essencial no custeio do pessoal multidisciplinar integrado à Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social. São profissionais incluindo médicos, psicólogos, especialistas em saúde da família, técnicos de saúde, entre outros que possibilitam a continuidade das ações relacionadas ao Termo de Pactuação celebrado entre o município e a Vale após o rompimento. Esta ação é fundamental, especialmente em um contexto em que o rompimento acarretou um aumento significativo na demanda por serviços de saúde e assistência social.

Prazo: 2 anos e 11 meses

Valor: R$ 28.839.088,33

Projetos com autorização de início após a transferência  

Igarapé 

Projeto: Construção de centros esportivos e praças de lazer

Objetivo: Construção e reforma de centros esportivos e praças de lazer em cinco localidades: “Pousada Del Rey”, “Fernão Dias”, “Novo Igarapé”, “Brejo” e “Centro/Ceci”.

Prazo: 2 anos e 4 meses

Valor: R$ 34.642.144,29

Maravilhas 

Projeto: Pavimentação e recapeamento de vias diversas

Objetivo: pavimentação e recapeamento de 16,79 quilômetros de vias no município de Maravilhas. Especificamente, o projeto contempla a pavimentação de 15,31 quilômetros de estradas e a revitalização e pavimentação de 1,48 km de vias urbanas.

Prazo: 2 anos e 10 meses

Valor: R$ 51.058.525,33

Mateus Leme 

Projeto: Construir e reformar espaços para a prática de esportes e lazer

Objetivo: Construção de uma pista de skate, na Rua Presidente Tancredo Neves e de uma quadra poliesportiva, localizada na Rua Portugal.

Prazo: 2 anos e 2 meses

Valor: R$ 7.337.426,88

Projeto: Reforma de vias urbanas e rurais, e construção e reforma de pontes

Objetivo: Realização de melhorias no sistema de drenagem do distrito de Serra Azul, pavimentação, recapeamento e/ou reparo de vias de rotas escolares, assim como a intervenção em duas obras de arte especiais, sendo uma reforma e uma demolição seguida de reconstrução total.

Prazo: 2 anos e 4 meses

Valor: R$ 44.998.307,27

Morada Nova de Minas 

Projeto: Pavimentação e recapeamento de vias urbanas e urbanização dos povoados

Objetivo: Pavimentação ou recapeamento de vias urbanas no município e pavimentação nova de ruas em três povoados: Frei Orlando, Vau das Flores e Cacimbas. Haverá intervenções em aproximadamente 4,5 quilômetros de vias urbanas e em 1,5 quilômetro de vias nos povoados, totalizando uma extensão de 6,05 quilômetros.

Prazo: 1 ano e 9 meses

Valor: R$ 13.276.082,10

São Gonçalo do Abaeté 

Projeto: Construção de um centro cultural e esportivo no Beira Rio

Objetivo: Construir um Centro Cultural e Esportivo no bairro Beira Rio, no município de São Gonçalo do Abaeté. O Centro Cultural e Esportivo contará com as seguintes estruturas: campo de futebol, quadras, pista de caminhada, vestiários, sanitários, estacionamento e lanchonete.

Prazo: 2 anos e 3 meses

Valor: R$ 17.542.382,43

Projeto: Construção das vias de acesso ao Centro Cultural e Esportivo que será implantado no Beira Rio

Objetivo: construir, aproximadamente, 1.700 metros de vias de acesso ao Centro Cultural e Esportivo que será implantado no Beira Rio.

Prazo: 1 ano e 5 meses

Valor: R$ 15.553.499,92

Projeto em execução que está recebendo recurso

Pompéu

Projeto: Ampliação do atendimento de consultas e exames especializados de cirurgias eletivas de média e alta complexidade em Pompéu

Este projeto no município de Pompéu já estava em execução, porém a parte referente ao repasse ao município, destinada contratação de pessoal e a ampliação de exames e consultas, está sendo realizada neste momento. O projeto teve ordem de início em 23 de junho de 2022. A parte do projeto referente à aquisição e entrega de equipamentos foi finalizada em junho deste ano.

Objetivo: Nesta parte de custeio do projeto é prevista a contratação de médicos na área de ortopedia, anestesia, cirurgia geral e pediátrica, neurologia, entre outros. Há também a previsão de exames de ultrassonografia, ressonância magnética, colonoscopia, tomografia, entre outros.

Valor: R$ 3.576.060,20

Prazo: 4 anos e 7 meses

As informações são da Agência Minas.

Matérias Relacionadas

‘Biossólido Itabira’ irá transformar lodo da Estação de Tratamento de Esgoto Laboreaux em um insumo agrícola

O “Biossólido Itabira”, uma colaboração entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de...

‘Festival Fartura Dona Lucinha’ agita cidades de Serro e Conceição do Mato Dentro

Entre os dias 20 e 28 de maio, o "Festival Fartura Dona Lucinha" chega...

‘Festival Os Sons do Brasil’ chega em Ouro Preto e Mariana entre 20 a 22 de junho

Entre os dias 20 a 22 de junho, Ouro Preto e Mariana serão palcos...

‘Rodovia do Minério’: acordo entre MPMG e prefeituras pode tirar 1.500 carretas da BR–040

No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pretende finalizar...

últimas Matérias

 Anglo Gold Ashanti tem vagas de estágio para níveis técnico e superior

Vagas se destinam tanto a atuações presenciais quanto híbridas, com carga horária diária de 6 horas; Inscrições podem ser feitas pela internet até 31 de agosto

 Ato em defesa da ANM – servidores protestam pela estruturação da Agência Nacional de Mineração

Servidores da Agência Nacional de Mineração estão com as atividades paralisadas como forma de...

 Cidade das gemas: moradores de Teófilo Otoni vivem terror com guerra entre facções criminosas

Bandidos trocaram tiros com a Polícia na noite desta quinta-feira; PCC e Comando Vermelho vêm amedrontando moradores da cidade nas últimas semanas

 Funcionários dos Correios desistem de greve na véspera da Black Friday

Servidores cogitavam paralisação para reivindicar correções em Acordo Coletivo e melhores condições de trabalho, mas desistiram da ideia após terem pedidos considerados pelos Correios